Antes e depois – apartamento antigo

Muitas vezes entramos em apartamentos ou casas antigos e temos dificuldade em imaginar aquele espaço atualizado. Hoje separamos alguns projetos nossos onde podemos ver o antes e depois dos espaços e todo o potencial que ambientes que consideramos antiquados pode ter!

Cozinha da década de 70 para os anos 2000

Esta cozinha estava desatualizada, com os revestimentos e layout originais da época da construção do apartamento, nos anos 70. Também a tubulação de hidráulica e elétrica precisava ser revista, bem como a iluminação do ambiente potencializada.

 

 

No lugar do antigo tampo em inox, foi utilizado um tampo em pedra industrializada na cor branco com a cuba em inox. Mesmo demandando certos cuidados na utilização – este tipo de material pode manchar – a vantagem é enorme, pois a área de trabalho em tom claro deixa o trabalho com os alimentos mais visível. Além disto, o ambiente ficou muito mais iluminado, permitindo o uso associado de alguns móveis em preto – desejo da moradora.

O forro em gesso que foi previsto, permitiu a distribuição de novos pontos de iluminação e diferentes tipos de usos para ela – luz mais técnica junto a bancada a mais decorativa sobre a mesa.

Nas paredes atualmente já não se faz mais necessário o uso de revestimento cerâmico em toda a cozinha, as tintas hoje são de fácil limpeza e manutenção. Então associamos uma parede pintada em preto como o grande relógio em destaque às demais paredes todas em cor branco – todas as tintas acrílicas acabamento acetinado.

 

Banheiro com novos revestimentos

Neste banheiro os azulejos decorados, as louças escuras e ainda o box colorido absorviam muito a luminosidade do ambiente. Também se fazia necessário atualizar o encanamento de água quente e fria.

Foi proposto o uso de revestimentos em tamanho maior – no piso 60x60cm e nas paredes 60x30cm. Os formatos maiores ampliam o espaço por ter menos rejuntes e o acabamento retificado também deixa a superfície mais plana e os rejuntes mais estreitos. Usamos piso e paredes em branco com exceção da parede do box que recebeu um revestimento em cinza brilho ficando em destaque!

Ainda no box, uma solução muito pratica é a abertura de um nicho na parede para uso como prateleira para os produtos. Este nicho deixa o espaço do box mais livre e menos perigoso que as prateleiras salientes. O box em vidro transparente também permite que toda a claridade passe para a área da pia.

 

Banheira mais confortável

Este banheiro também estava muito antigo e desatualizado, mas o principal problema no espaço é que a banheira que existia não era confortável. Pequena e sem hidromassagem, ela era construída e revestida com o próprio revestimento das paredes o que a deixava fria e ergonomicamente inadequada.

O bidê, equipamento muito usado na época da construção do imóvel mas que hoje está totalmente em desuso, foi substituído pela ducha higiênica. Com isto ganhou-se área que foi aproveitada para a instalação de uma banheira maior, para duas pessoas. Ela é em fibra e com hidromassagem e aquecimento da água. Muito mais confortável, assim como o nicho que também aqui foi construído para utilização de apoio para os produtos. A parede de fundo do banheiro foi tratada com destaque, tendo sido aplicado ali um mosaico que funciona muito para uso em áreas molhadas pois é feito em mármore.

Quando o box está no mesmo espaço onde está a banheira, se faz muito importante a instalação de barras de apoio nas paredes.

No tampo com a pia, foi utilizado o mesmo mármore do mosaico. Isto trouxe para o espaço unidade sem deixa-lo monótono.

 

Quarto colorido

A proprietária deste quarto adora cor e também os seus móveis antigos existentes. Mas o dormitório não estava agradando por estar escuro e sem graça.

Utilizando praticamente toda a base de mobiliário existente, propusemos pintar com tinta tipo laca – executada por uma marcenaria, este tipo de pintura tem várias tonalidades e maior resistência – a cama e o criado mudo em um tom de lilás. Este foi o ponto de partida para o projeto do quarto. Com base nesta tonalidade, escolhemos o papel de parede que mistura verde, cinza e lilás de maneira bem suave, aplicado em meia parede.

Sob a janela, uma bancada de trabalho aproveita toda a luminosidade da janela e ainda acomoda os sapatos em portas de correr com frisos vazados que permitem a ventilação dos calçados.

Outro móvel que foi reaproveitado foi o armário que permaneceu com sua estrutura original e teve as portas trocadas por portas de correr, que podem ser mais amplas – aumentando também a sensação de amplitude do espaço – e com os acabamentos branco e espelho, que também multiplicam a luminosidade.

 

Sala modernizada

Esta sala de estar e jantar estava com o layout não satisfatório para os moradores. A televisão ficava muito alta, eles precisavam de um espaço para escritório e  também que a churrasqueira não ficasse não evidente no  ambiente. Além disso, a lareira tinha um formato antiquado e as paredes e moveis muito brancos, deixam o espaço frio.

Propusemos o uso de mdf com acabamento amadeirado no mobiliário, associado a um tom fendi, trazendo mais aconchego para a sala. A televisão saiu de cima da lareira, ficando na parede ao lado e a lareira foi revestida com painéis de mdf. Tivemos o cuidado de aplicar uma larga moldura de mármore na lareira para evitar o aquecimento dos painéis.

A televisão fica em uma altura confortável para uso em sofá, estando instalada em média com o seu centro horizontal a 1,20m de distância do piso.

Na churrasqueira também usamos painéis em mdf cobrindo a boca da churrasqueira com uma porta que pode ser recolhida para a parte superior do painel com contrapesos. Esta solução deixa a sala livre de cheiros, vento e sujeira vindos da churrasqueira.

As paredes coloridas em um tom de off White também trazem mais aconchego para o ambiente todo, assim como a utilização de tinta acrílica com acabamento fosco.

Deixe o seu comentário:

WhatsApp chat